+351 255 534 131

Views:
Filter

Filtrar por preço

Showing 1–24 of 47 results

Quinta do Noval Reserva tinto 2017

55.00

Quinta do Noval reserva 2017 é um vinho Intenso e concentrado, com uma fina estrutura de taninos, distingue-se pela sua delicadeza, uma característica do estilo Quinta do Noval. Trata-se do produto de uma rígida seleção entre os melhores lotes produzidos pela nossa propriedade num determinado ano. Este vinho é delicioso quando jovem, mas também amadurece bem em adega.

Quinta do Noval Reserva tinto 2016

55.00

Quinta do Noval reserva 2016, apresenta uma cor opaca, densa e escura. O bouquet é realçado por frutas intensas de mirtilos e framboesas, massa de pão, pastelaria e especiarias. Revela notas minerais, com toques de barril bem integrado de chocolate negro. Excelentes taninos e subtileza.

Canada do Monte Branco

80.00

Sobretudo Arinto dos Açores. Aroma complexo, delicado floral, leve mel e passa, tangerina, sílex. Muito elegante na boca é aveludado, num conjunto lindíssimo, salino quanto baste, com enorme frescura natural e persistência. Belo vinho.

 

 

Quinta dos Termos Garrafeira Tinto 2016

14.95

Quinta dos Termos Garrafeira Tinto 2016 apresenta cor rubi carregado, com ligeiros laivos avermelhados.

O aroma é atraente e muito complexo, melhorando muito com o tempo de permanência no copo.

Na boca, surpreende pela harmonia, fulgor e sofisticação, num estilo típico dos grandes vinhos da Beira que envelhecem bem com o tempo de garrafa.

Cedro do Noval Branco 2020

13.95

Cedro do Noval Branco 2020 apresenta cor dourada clara cristalina, combina na perfeição aromas frutados, florais e minerais. Na boca é fresco e surgem aromas frutados intensos muito bem casados com a baunilha que tornam o vinho mais complexo e largo. É untuoso, fresco, longo e com bom volume.

Quinta dos Termos O Pecado Tinto 2015

29.90

Feito a partir de Sangiovese. Perfil jovem e aberto, com caruma evidente, vivo e elegante, fruto encarnado bonito e de muito boa definição. Mantém o fruto encarnado em boca e um registo fresco e acessível, descomplicado e bem saboroso.

Pontuação: 17,5 pts Revista de Vinhos

Quinta dos Termos Grande Escolha Tinto 2011

29.00

Quinta dos Termos Grande Escolha Tinto 2011 apresenta aroma com notas químicas, traço metálico, frutos vermelhos maduros, solo húmido e folhas secas. Corpo médio, alta acidez, rusticidade controlada, final calmo, com um leve tom quente.

Quinta dos Termos Selecção

12.00

Apresenta aroma complexo com fruta expressiva, e muita especiaria e ainda mato seco. Prova de boca com taninos macios e saborosos, todo num perfil suave e prazeroso, com autenticidade e sentido gastronómico.

Quinta dos Termos Reserva Vinhas Velhas Tinto 2018

10.00

Rubi intenso, com laivos de ligeira evolução, o que garante a continuação do bom envelhecimento em garrafa. Aroma a frutos vermelhos, plantas silvestres e ligeiro fumado, próprio do envelhecimento em garrafa. Bom volume de boca, taninos aveludados e uma agradável frescura, própria da acidez natural dos vinhos da Cova da Beira. A componente aromática é marcante e complexa, com as notas de madeira perfeitamente integradas Recomendado para acompanhar carnes assadas, como o célebre Cabrito à Serrana, pratos de caça e o queijo da Serra amanteigado.

Alto da Lousa Branco DOC Reserva 2019

9.99

Produzido no campo de Castelo Branco, na transição das montanhas para a planície, em terrenos de baixa fertilidade, mas profundos, no ambiente ideal para a produção de grandes uvas, vinificadas de forma minimalista, a que se seguir um estágio de um ano em barricas.

A Herdade do Lousial, nasce da vontade de produzir vinhos na Beira Baixa, a sul da Serra da Gardunha, tendo sido integrada na família da Quinta dos Termos em 2015. Situada na transição das montanhas para a planície, no campo de Castelo Branco, a herdade dispõe de terrenos de baixa fertilidade, mas profundos, proporcionando o ambiente ideal para a produção de uvas de grande qualidade. Pensada de raiz, foi implementado nesta propriedade um sistema inovador de viticultura de precisão, ao longo dos cerca de 32 hectares de vinha, onde se incluem as castas tintas Touriga Nacional, Rufete, Tinta Roriz, Syrah, Sangiovese, Nebbiolo, e as brancas Síria, Callum, Fonte Cal, Riesling, entre outras.

Toda a produção é certificada em Produção Integrada, contribuindo para a preservação da sustentabilidade.

Pouca Terra Tinto

7.95

Pouca Terra Tinto apresenta cor rubi, possui um aroma com notas de cacau, mel, baunilha, especiarias e frutas vermelhas maduras. Na boca, é maduro e vibrante, mas elegante ao mesmo tempo. Apresenta um frescor persistente, que se estende até o final da prova.  Estão bem presentes os sabores de cereja madura, chocolate e amora.

Prémios:   2016 – 91 pontos Revista Adega

Casas do Côro Reserva Branco

35.00

Casas do Côro Reserva Branco  é um vinho muito fino e vivo de aroma maçã fresca com nota mineral bem marcada. Na boca mostra muita suavidade e subtileza, fruto discreto, porte elegante, final longo cheio de delicadeza. Um belíssimo branco da Beira.

Quinta do Passadouro Touriga Franca 2016

25.00

Quinta do Passadouro Touriga Franca 2016 apresentacor rubi, aroma floral muito bem combinado com bagas e e frescura bem presente.

Quinta do Passadouro Reserva Tinto 2016

40.00

Quinta do Passadouro Reserva Tinto 2016 é muito jovem no aroma, quase fechado até, fruto maduro e algum floral fresco, muito balsâmico, barrica discreta. Mais acessível em boca, largo e com tanino maduro e saboroso, especiado (apimentado mesmo), termina já com imensa graciosidade, mas irá crescer muito em garrafa.

Maçanita Tinto 2019

10.50

Maçanita Tinto 2019 apresenta cor ruby violeta concentrada, nariz intenso e maduro com notas florais de fruto preto. Encorpado, redondo e com boa persistência.

 

Vintage 2018:

90/100 Wine Enthusiast

 

Vintage 2017:

95/100 Decanter

90/100 Wine Enthusiast

 

Talent Vs Altitude Branco 2017

33.00

“Talento é algo que se recebe para expandir”
Com este vinho queremos homenagear João Leite Moreira que teve o talento e mestria para manter e desenvolver com grande capacidade inovadora a Quinta Seara D’Ordens.
O blend das várias castas tradicionais do Douro localizadas em Altitude, produzidas na Quinta Seara D´Ordens, deu origem a este Branco TalentVs Altitude.

Quinta Nova Rosé 2020

14.99

Quinta Nova Rosé é um convite a uma experiência de sabores. O Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo Rosé destaca-se pela elevada estrutura, numa versão ligeiramente mais aromática da Tinta Roriz e Touriga Franca, posicionando-se enquanto vinho num nível muito elevado para os grandes apreciadores de rosés. É um vinho para guardamos na memória pelos seus aromas primários, a textura mineral e a tensão final que deixa uma longa despedida e a certeza de que para o ano vamos querer mais.

 

Equinócio Branco 2012

24.45

Equinócio Branco 2012 é um branco suave, calmo e muito elegante

Nariz: Elegantes fumados com algum sílex que se sobrepõe à delicada e bem madura fruta branco.

Boca: Seda pura na boca, corpo médio a cheio, cremoso e amanteigado, bem estruturado, profundamente fino, com um final longo e acolhedor que convida à reflexão.

A Laranja Mecânica

19.00

CONCEITO: Depois da primeira e suave prensagem, as uvas ainda têm 10 a 15% de sumo. Deixámos essas uvas macerar por 7 dias e depois voltámos a prensar e retirámos mais sumo, mais concentrado. Este sumo foi fermentado espontâneamente. O resultado é desconcertante, indisciplinado, disruptivo, perturbador… de uma maneira muito deliciosa. Não é um filme, é um vinho. É a nossa Laranja
Mecânica, pois a vida às vezes aplica uma pressão angustiante que apenas tentamos suportar. Aqui, transferimos a pressão mecânica para as peles, o que é uma maneira de lidar bastante saudável.

NOTAS DE PROVA: Cor laranja mel, nariz muito exuberante, notas de laranja cristalizada, algum marmelo quase toques de vindima tardia. Ataque cheio, super texturado a meio de prova, guloso, mas com muita frescura.

GASTRONOMIA: Ótimo branco para arranque de refeições como uma harmonização clássica de Foie gras, ou uma terrina, um branco muito interessante na transição brancos tintos, pela sua intensidade e concentração.

Vintage 2019:

90/100 Robert Parker

Vintage 2018:

90/100 Robert Parker

17/20 Grandes Escolhas

 

Os Paulistas Chão dos Eremitas 2018

59.00

CONCEITO: Os Paulistas, nome dado aos Eremitas da ordem de São Paulo que faziam há tanto tempo neste local o seu vinho, que se perdeu essa data nas memórias. No entanto a Bula Papal de 1397, isenta “Os Paulistas” de impostos nas suas vinhas, demonstrando a importância deste local. O local é especial e recebe dois riachos que trazem as águas da Serra D’Ossa e que mantêm a água próximo e os solo frescos, não havendo necessidade rega para o bom desenvolvimento das uvas. As uvas, também são de outro tempo, plantadas em 1970, a Tinta Carvalha, o Moreto, o Castelão, o Alfrocheiro e a Trincadeira, demonstram que existiu um outro Alentejo, sem rega e sem castas melhoradoras. Um Alentejo que vale a pena recuperar, é esse o nosso tributo aos Paulistas.

NOTAS DE PROVA: Cor ruby com alguns toques violeta, concentração média. No nariz, muito fruto de bosque vermelho, algum mato. Ataque fresco, boa fruta com notas de romã. Muito fino, longo e com estrutura.

GASTRONOMIA:Um tinto com boa acidez, bom para carnes com alguma gordura, pratos de tacho.

Vintage 2018:

94+/100 Robert Parker

19/20 Revista de Vinhos

 

Soito Encruzado 2019

9.00

Soito Encruzado 2019 apresenta aroma fresco e complexo com notas de flor de laranjeira, pêra e lima, ladeadas por fragâncias de baunilhas finas. Revela uma estrutura elegante com bom equilíbrio e harmonia com final longo e persistente.Deve ser servido à temperatura de12 º C  a acompanhar pratos de peixe assado e de carnes brancas leves, ou simplesmente em bom convívio.

Niepoort SEMPAR 2017

6.99

Depois de vários projectos a 4 maõs, Dirk Niepoort mete as mãos no vinho e aventura-se a solo na exploração da região de Portalegre!
Dirk Niepoort sonha no Alto Alentejo e nasce o SEMPAR!Um equilibrio incomparável!
O calor do Alentejo. A frescura da serra. Nariz exuberante, expressiva fruta expansiva. Mais que só frutado enorme frescura com grande “bouquet” . Vinho encorpado sem ser pesado, cremoso, mas fresco com grandes taninos concisos e precisos. Final muito longo e potencial de envelhecimento.

O SEMPAR traduz o estilo de vinhos em que a Nipoort acredita, vinhos descomplicados que representam a expressão máxima da vinha que lhe deu origem.

Back to Top
Confirmar Idade Tem a idade legal para consumo de bebidas alcoólicas?

Shopping cart

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência